REVISTA DOS TRIBUNAIS

thomson reuters

BLOG | REVISTA DOS TRIBUNAIS

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Secretária do Tesouro dos EUA virá ao Brasil para reunião do G20 e irá ao Chile

Secretária do Tesouro dos EUA virá ao Brasil para reunião do G20 e irá ao Chile

Secretária do Tesouro dos EUA virá ao Brasil para reunião do G20 e irá ao Chile

Por Andrea Shalal

WASHINGTON (Reuters) – A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, se juntará a autoridades financeiras do Grupo das 20 principais economias (G20) para reuniões em São Paulo na próxima semana, e depois seguirá para Santiago, Chile, para encontros bilaterais, informou o Tesouro norte-americano nesta quarta-feira.

As reuniões do G20 acontecem dias após o marco de dois anos da invasão russa na Ucrânia, e à medida que o presidente norte-americano, Joe Biden, um democrata, continua em desacordo com a Câmara dos Deputados dos EUA, controlada pelos republicanos, sobre uma ajuda de mais de 61 bilhões de dólares à Ucrânia.

Durante suas reuniões no Brasil, Yellen irá “reiterar o apoio resoluto da América à Ucrânia, enquanto marca o segundo aniversário da invasão ilegal da Rússia”, disse o Tesouro norte-americano.

O Tesouro dos EUA disse que Yellen reafirmará o compromisso do governo Biden em fornecer à Ucrânia “o apoio necessário para sustentar sua defesa, negar à Rússia acesso ao dinheiro e armas de que necessita para travar sua guerra ilegal e responsabilizar a Rússia”.

Biden disse a repórteres na terça-feira que os EUA anunciarão um grande pacote de sanções contra a Rússia na sexta-feira em resposta à morte do líder opositor russo Alexei Navalny e à guerra na Ucrânia.

As sanções mais recentes à Rússia visarão uma série de itens, incluindo as bases industrial e de defesa do país, juntamente com fontes de receita para a economia, disse o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan.

Yellen trabalhará com suas contrapartes para fortalecer a coordenação e colaboração no apoio à Ucrânia e na punição à Rússia, acrescentou.

Ela também coordenará com os pares do G20 para abordar “as consequências humanitárias e econômicas do conflito no Oriente Médio e contrapor atores regionais desestabilizadores”, acrescentou, sem mencionar especificamente Israel ou Gaza.

As reuniões de Yellen também enfatizarão a importância da ação coletiva, concentrando-se em reformas de bancos multilaterais de desenvolvimento, fortalecimento do Fundo Monetário Internacional, enfrentamento das mudanças climáticas e abordagem do problema da dívida soberana.

A secretária se reunirá com autoridades brasileiras como parte de um esforço mais amplo de Washington para aprofundar os laços bilaterais com o Brasil, visto como um parceiro econômico chave, enquanto os EUA trabalham para reduzir sua dependência da China sobre bens essenciais.

No Chile, Yellen se encontrará com autoridades do governo e líderes do setor privado para aprofundar os laços econômicos bilaterais com o país que é um importante fornecedor de minerais críticos e que está trabalhando para promover a energia verde.

 

Mais lidas

Post Relacionado

lançamentos de julho

Lançamentos de Julho

As novidades do universo jurídico chegam com uma coleção de lançamentos de julho imperdíveis para os profissionais do Direito, trazendo obras que abordam desde os