REVISTA DOS TRIBUNAIS

thomson reuters

BLOG | REVISTA DOS TRIBUNAIS

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Nubank eleva lucro líquido a US$360,9 mi no 4º tri com mais clientes ativos

Nubank eleva lucro líquido a US$360,9 mi no 4º tri com mais clientes ativos

Nubank eleva lucro líquido a US$360,9 mi no 4º tri com mais clientes ativos

SÃO PAULO (Reuters) – O Nubank multiplicou seu lucro líquido em mais de seis vezes no quarto trimestre em relação ao mesmo período em 2022, para 360,9 milhões de dólares, com o diretor financeiro do banco digital, Guilherme Lago, atribuindo o desempenho a, entre outros fatores, um maior número de clientes ativos.

“Foram três fatores”, disse Lago à Reuters nesta quinta-feira. “Aumento do número de clientes ativos, aumento da monetização do cliente ativo e a manutenção de uma estrutura de custo muito eficiente.”

O Nubank encerrou 2023 com quase 94 milhões de clientes e pretende ultrapassar os 100 milhões em 2024, de acordo com documento à imprensa.

O lucro líquido ajustado do banco digital somou 395,8 milhões de dólares no quarto trimestre, contra 113,8 milhões de dólares um ano antes, conforme relatório de resultados.

A expectativa média de analistas consultados pela LSEG era de lucro líquido de 410,7 milhões de dólares.

A receita do banco digital subiu 57% ano a ano, para um recorde de 2,4 bilhões de dólares, em base neutra de câmbio, acima da estimativa média de analistas consultados pela LSEG de 2,2 bilhões de dólares.

A receita mensal média por cliente ativo (ARPAC) cresceu 23% ano a ano no trimestre, para 10,6 dólares, também em base neutra de câmbio, enquanto o retorno sobre patrimônio líquido (ROE) anualizado atingiu 23% no período e o ROE ajustado anualizado ficou em 26%.

Para o ano fiscal de 2023, o lucro líquido ajustado atingiu 1,2 bilhão de dólares, em comparação com um lucro líquido ajustado de 204,1 milhões de dólares no ano fiscal de 2022.

A inadimplência de 15 a 90 dias do portfólio de crédito do Nubank no Brasil atingiu 4,1% no quarto trimestre, de 4,2% nos três meses anteriores e 3,7% no quarto trimestre de 2022.

A inadimplência acima de 90 dias ficou em 6,1%, estável na comparação trimestral, mas superior ao registrado um ano antes (5,2%).

“A gente nunca assume que o ciclo de crédito vai melhorar. Na prática, inclusive, nossos modelos sempre assumem que o futuro vai ser pior que o passado em termos de ciclos de crédito”, disse o CFO.

“A gente está assumindo que a inadimplência, pelas nossas ações, vai até ficar estável ou subir. Se a gente for surpreendido por um ciclo de crédito mais benigno, vai ser uma boa surpresa para o nosso modelo de negócio, mas a gente não está contando com isso para as nossas decisões de concessão de crédito”, acrescentou.

A empresa, que além do Brasil possui operações no México e na Colômbia, disse observar um “enorme potencial” para a América Latina e que continua a investir em expansão geográfica e desenvolvimento de novos produtos.

As prioridades da empresa agora são “vencer o jogo” no México, acelerar o empréstimo pessoal com garantia e continuar a ganhar participação no segmento de maior renda no Brasil e tornar o conceito “Money Platform” uma realidade para os clientes da América Latina, disse Lago, referindo-se ao processo de transição de banco digital para uma plataforma de consumo de tecnologia.

Isso permitiria à plataforma “expandir os produtos e serviços para além de serviços financeiros, como, por exemplo, marketplace — que a gente já tem — e lançar mão das novas tecnologias de Open Finance e de inteligência artificial para lançar mais produtos aos nossos clientes da América Latina”, afirmou.

A base de clientes do banco digital no Brasil atingiu 87,8 milhões no fim do trimestre, enquanto no México eram 5,2 milhões de clientes e, na Colômbia, acima de 800 mil.

Em janeiro, após o fechamento do quarto trimestre, a operação mexicana do banco digital informou ter ultrapassado a marca de 5,5 milhões de clientes, disse o Nubank em comunicado.

(Reportagem de Patricia Vilas Boas)

 

Mais lidas

Post Relacionado

lançamentos de julho

Lançamentos de Julho

As novidades do universo jurídico chegam com uma coleção de lançamentos de julho imperdíveis para os profissionais do Direito, trazendo obras que abordam desde os