REVISTA DOS TRIBUNAIS

thomson reuters

BLOG | REVISTA DOS TRIBUNAIS

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Dólar à vista sobe ante real apesar de queda ante divisas fortes no exterior

Dólar à vista sobe ante real apesar de queda ante divisas fortes no exterior

Dólar à vista sobe ante real apesar de queda ante divisas fortes no exterior

Por Fabricio de Castro

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar tem leve alta ante o real nesta manhã de segunda-feira, na contramão do exterior, onde a moeda norte-americana cai ante uma cesta de divisas fortes, mas tem sinais mistos ante as divisas ligadas a commodities.

Às 9:55 (de Brasília), o dólar à vista avançava 0,18%, a 4,9364 reais na venda. Na B3, às 9:55 (de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,07%, a 4,9420 reais

Investidores abrem a semana à espera da decisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), na quinta-feira, e da divulgação de dados econômicos nos Estados Unidos antes da reunião do Federal Reserve, marcada para o fim do mês.

Os rendimentos dos Treasuries caem nesta manhã, o que favorece o viés de baixa do dólar ante divisas fortes no exterior. Em sintonia, a curva de juros brasileira também cede.

Às 9:55 (de Brasília), o índice do dólar –que mede o desempenho da moeda norte-americana frente a uma cesta de seis divisas– caía 0,07%, a 103,200.

No entanto, o dólar sustenta leve alta ante o real, oscilando novamente em margens estreitas, como ocorreu em sessões anteriores.

De acordo com a equipe da Guide Investimentos, o mercado brasileiro, de modo geral, “espera ansiosamente pelo desenrolar dos impactos das decisões externas de juros na condução da política monetária doméstica”.

Além da decisão do BCE na quinta-feira, os investidores vão monitorar os dados norte-americanos da semana e o Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) na próxima sexta-feira. No encerramento de janeiro ocorrem as decisões de juros do Federal Reserve e do Banco Central do Brasil.

Na última sexta-feira, o dólar à vista fechou o dia cotado a 4,9273 reais na venda, em leve baixa de 0,10%.

O Banco Central fará nesta sessão leilão de até 16.000 contratos de swap cambial tradicional para fins de rolagem do vencimento de 1° de março de 2024.

 

Mais lidas

Post Relacionado

lançamentos de julho

Lançamentos de Julho

As novidades do universo jurídico chegam com uma coleção de lançamentos de julho imperdíveis para os profissionais do Direito, trazendo obras que abordam desde os